ÚLTIMO ESTUDO | 9 de junho de 2024

NEM O GOVERNO DE COSTA NEM O DE MONTENEGRO PUBLICARAM A PORTARIA DE 2024 COM OS COEFICIENTES DE REVALORIZAÇÃO DAS REMUNERAÇÕES PARA CALCULO DAS PENSÕES DOS QUE SE REFORMAREM OU APOSENTAREM ESTE ANO, A SITUAÇÃO DE POBREZA EM QUE VIVEM OS PENSIONISTAS, E A DUPLA PENALIZAÇÃO PELO MESMO MOTIVO A QUE ESTÃO SUJEITAS AS PENSÕES ANTECIPADAS AUMENTARÁ AINDA MAIS EM 2025

Neste estudo chamo a atenção para o facto de que o governo de Costa e de Montenegro não publicaram a Portaria com os coeficientes de revalorização das remunerações para calcular as pensões em 2024, o que determina que os que se reformem ou aposentem este ano recebam pensões inferiores às que têm direito (o que já está a acontecer), e alerto-os para que exijam a atualização das suas pensões . Também analiso a pobreza extrema em que vivem mais de 70% dos reformados e a injustiça e a falta de fundamentação técnica da dupla penalização a que estão sujeitas as pensões antecipadas, que já é grande, e vai aumentar aumentar ainda mais em 2025
Segurança Social, CGA, Fundos Pensões
semana passada

1- NAS "PASTAS" QUE SE APRESENTAM SEGUIDAMENTE ESTÃO DISPONIVEIS OS ESTUDOS ANTERIORMENTE DIVULGADOS AGRUPADOS POR TEMAS A QUE PODE ACEDER FACILMENTE, ENTRANDO NAS PASTAS E SELECIONADO O ESTUDO QUE LHE INTERESSA LER

2- TAMBÉM AQUI SE PODE INSCREVER PARA RECEBER GRATUITAMENTE OS ESTUDOS SEMANAIS QUE PUBLICO (encontra-se seguidamente uma funcionalidade para fazer isso). É SUFICIENTE INTRODUZIR O NOME E O E-MAIL E DAR O CONSENTIMENTO

 

MAIS UMA INJUSTIÇA (um legado) FEITA AOS PENSIONISTAS PELO GOVERNO DE ANTÓNIO COSTA

 O governo de António Costa ainda em funções publicou em 11/12/2023 a Portaria 424/2023 com os aumentos das pensões em 2024. De acordo com o nº1 do art.º 2º desta Portaria os aumentos ( 6%, 5,65% e 5%) só se aplicam às pensões “atribuídas anteriormente a 1 de janeiro de 2023 . Portanto, todos aqueles que se reformaram ou aposentaram em 2023 e não tiveram direito ao au-mento das pensões de 2023  também não terão direito ao aumento das pensões de 2024. Para além das suas pensões não serem atuali-zadas durante dois anos, elas foram calculadas com base nos salá-rios de 2021 e 2022 não atualizadas, que os prejudicou também. APESAR DAS NOSSAS SUCESSIVAS DENUNCIAS, INFELIZMENTE NENHUMA ASSOCIAÇÃO DE REFORMADOS E APOSENTADOS TEVE AINDA A INICIATIVA DE FAZER UMA PETIÇÃO A ASSEMBLEIA DA REPUBLICA PARA ACABAR COM ESTA GRAVE INJUSTIÇA QUE SOFRERAM OS TRABALHADORES QUE JÁ SE REFORMA-RAM E APOSENTARAM ASSIM COMO OS QUE SE REFORMAREM OU APOSENTA-REM NO FUTURO APESAR DE TERMOS APELADO JÁ POR DIVERSAS PARA QUE ISSO FOI FEITO.

 GENOCIDIO EM GAZA. ISRAEL FAZ O MESMO AOS PALESTINOS QUE OS NAZIS FIZERAM AOS JUDEUS NA 2ª GUERRA MUNDIAL PERANTE A PASSIVIDADE INTERNACIONAL . NINGUEM PODE ESTAR DE ACORDO COM O MASSACRE DE 1200 CIVIS ISRAELITAS E  DE 150 REFÉNS CIVIS ISTRAELITAS PELO HAMAS, MAS TAMBÉM NINGUEM PODE ESTAR DE ACORDO COM O MASSACRE  DE JÁ  MAIS  DE 22.000 PALESTINOS CIVIS (a maioria mulheres e crianças) POR ISRAEL EM GAZA

 A dualidade de critérios morais dos dirigentes do do ocidente alargado é chocante e desacredita a União Europeia e os EUA perante os povos de todo o mundo. E isto devia levá-los a pensar e  a se preocuparem. A Comissão Europeia, e nomeadamente a sua presidente, está completamente desacreditada perante  os próprios  europeus pelo comportamento servil que tem tido e pela total submissão aos E.U.A

 Em relação a guerra na Ucrânia, a União Europeia e os EUA exigem o cessar fogo e a retirada das tropas da Rússia da Ucrânia, dão dinheiro e armas de centenas de biliões de dólares à Ucrânia sem qualquer controlo (e a Ucrânia é conhecida pela elevada corrupção), multiplicam as sanções à Rússia (agora o 12º pacote de sanções) que , por ricochete, estão também a destruir as economias europeias e o nível de vida dos europeus (recessão económica, inflação elevada, perda de poder de compra, etc. ), congelam ativos russos em bancos ocidentais e pretendem utilizá-los na reconstrução da Ucrânia. O próprio Tribunal Penal Internacional emite mandatos de captura a dirigentes russos.  

 Em relação a guerra na Palestina, em GAZA, apesar de Israel utilizar métodos medievais de guerra,  que lembram a atuação dos nazis contra o povo judeu, proibindo a entrada de agua, alimentos, medicamentos e combustíveis,  com o objetivo de condenar a população civil  da Palestina à sede, à fome e à morte , e bombardeia diariamente, de uma forma indiscriminada, civis palestinos ( nomeadamente mulheres, velhos e crianças) tendo matado mais 22.000 palestinos, e destruído milhares de habitações,  escolas e hospitais ( com a justificação de que estão a eliminar membros do HAMAS que não prova, são “danos colaterais” diz cinicamente Netanyahu), mas segundo o secretário geral da ONU estão  a transformar GAZA num “cemitério de crianças(é de louvar a coragem e a força moral de Guterres perante a multiplicação dos ataques do governo Israel e dos seus defensores internos na comunicação social) e o próprio presidente de França, Macron, tenha pedido a Israel que “pare de bombardear bebês e mulheres em Gaza”, dizendo que “não há nenhuma razão de legitimidade”, no entanto os dirigentes do ocidente alargado mantêm-se e não tomam qualquer medida concreta para por termo ao genocídio do povo palestino.  A deslocação forçada por Israel de quase um milhão de civis palestinos das suas  residências, é um autentico crime de guerra, e a U.E. apenas pede a Israel que cumpra as leis internacionais humanitárias e “pausas Humanitárias” e recusa exigir o cessar- fogo como pede o PAPA e o secretario geral da ONU. Os E.U.A,  por um lado, pressionam Israel para que se contenha e aceite pausas humanitárias para permitir a deslocação de civis, e a entrada da ajuda humanitária internacional (alimentos, agua, medicamentos e combustíveis em centenas de camiões à entrada de GAZA) mas, por outro lado,  dão armas a Israel para que continue o massacre dos palestinos.

 Por que razão não se aplicam sanções a Israel como aconteceu na guerra na Ucrânia ? Por que razão o Tribunal Penal Internacional , tão interventivo na Ucrânia, está mudo, surdo e cego, perante este massacre e  a deslocação forçada por Israel de quase um milhão de civis palestinos das suas áreas de residência e não emite mandatos de captura aos membros do governo de Israel responsáveis por estes crimes contra a HUMANIDADE? É a dualidade de critérios. É a política de dois pesos e duas medidas que desacredita todo o Ocidente e que estou frontalmente em desacordo.

Finalmente não podemos deixar de saudar a iniciativa corajosa da Africa do Sul que pôs um um processo contra os dirigentes de Israel pelos crimes que estão cometer contra os civis palestinos.   

 Eu sou frontalmente contra e não posso deixar de condenar o massacre de mais de um milhar civis israelitas pelo HAMAS e de centenas de civis israelitas reféns pelo HAMAS, mas também não posso me calar com o massacre de já mais de 22000 (e a matança continua) civis palestinos por Israel. IGNORAR O QUE ESTÁ A ACONTECER EM GAZA, QUE ENTRA TODOS OS DIAS NAS NOSSAS CASAS ATRAVÉS DA TELEVISÃO E RADIO SERIA PARA MIM UM SINAL DE COBARDIA E DE INDIFERENÇA PELO SOFRIMENTO ATROZ HUMANO. E EU NÃO QUERO VIVER COM ISSO NA MINHA CONSCIÊNCIA. LAMENTO QUE O PRESIDENTE MARCELO NÃO SEJA TAMBÉM SENSIVEL A ESTE MASSACRE DA POPULAÇÃO CIVIL DA PALESTINA E SE MENTENHA CEGO, SURDO, MUDO E CALADO QUANDO É TÃO FALADOR, E POR VEZES ATÉ FALA DEMASIADO. DEIXO ISTO PARA REFLEXÃO DOS PORTUGUESES

Outros estudos recentes
Registe-se para receber os estudos gratuitamente por e-mail sempre que sejam publicados.
UM PEDIDO A TODOS OS LEITORES
De acordo com a nova lei de protecção de dados que entrou em vigor no final de Maio de 2018, só se poderá utilizar o endereço de e-mail, neste caso para enviar os meus estudos, se obtiver da parte do proprietário do endereço electrónico o seu consentimento expresso. Por isso, peço a todos os leitores que estejam interessados em receber gratuitamente os meus estudos que se se registem neste site dando o seu consentimento para utilizar o seu e-mail se tiverem interessados em receber semanalmente os estudos que faço. Se já está a receber os estudos indique esse facto na sua mensagem. Informo também que o seu e-mail será retirado/apagado logo que o desejar no futuro, bastando que o comunique.
INFORMAÇÃO
Este site foi atacado já por duas vezes pois divulga estudos feitos com objetividade analisando os problemas económicos e sociais do nosso país utilizando dados oficiais. Com o objetivo de garantir a sua proteção tivemos de o instalar de outra forma e em condições diferentes. No entanto ele vai, gradualmente, tomar a forma que tinha com todos os estudos que estavam disponíveis, porque não é possivel fazer imediatamente.
PEDIMOS A VOSSA AJUDA PARA QUE ESTES ESTUDOS CHEGUEM A MAIS LEITORES E TAMBÉM PARA COMBATER A TENTATIVA DE NOS SILENCIAR. Há muita gente que não gosta dos nossos estudos. Mas vamos resistir e continuar.
Obrigado pela ajuda que puderem dar neste combate pela verdade e pelos que menos têm, divulgando estes estudos.

APRESENTAÇÃO SINTÉTICA E OBJECTIVOS DESTE "SITE"

A maior parte da informação divulgada sobre a economia e a sociedade portuguesa nos media é dominada pelo pensamento neoliberal, porque é este que tem acesso privilegiado aos media. Este domínio é tão grande que atinge os próprios meios académicos podendo-se falar, com propriedade, de um pensamento económico único dominante. Quem esteja familiarizado com a ciência económica, sabe bem que a economia não está acima dos interesses de classe que se confrontam na sociedade, e o neoliberalismo defende os interesses do poder económico dominante nas sociedades capitalistas actuais.

Nos estudos disponíveis neste “site” procura-se analisar os problemas económicos e sociais numa perspectiva diferente, que é a dos interesses dos trabalhadores. No entanto, não existe qualquer pretensão de substituir um pensamento único por outro, mas apenas o propósito de fornecer ao leitor uma outra forma de analisar os problemas económicos e sociais, para que ele, confrontando-a com a do pensamento neoliberal dominante nos media,  forme a sua própria opinião, que é o mais importante.

A verdade só poderá surgir do confronto democrático de ideias e nunca da imposição de um pensamento único como se pretende actualmente.
Para facilitar a pesquisa do leitor agrupamos os estudos em duas grandes Áreas, e dentro destas por Temas, e dentro dos Temas estão os estudos por datas  (data da sua elaboração), pois os estudos são datados (se é associado do Montepio no fim dos Temas encontra ainda informações atualizadas sobre a situação no Montepio).

Encontre mais publicações nas seguintes áreas